BEM VINDO A TODOS!

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

O PASTOR


Uma Palavra Para Pastores de Nossos Dias
“Vendo ele as multidões, compadeceu-se delas, porque andavam desgarradas e errantes, como ovelhas que não têm pastor.”( Mt. 9:36)

Introdução:


O Modelo de pastor nos dias de hoje.
      Estamos preocupados com a vida do nosso Pastor, me disse um Jovem líder de uma Igreja de nossa região. Porque? Lhe perguntei. Nosso Pastor parece estar meio confuso com relação ao seu chamado..., e  aquele homem descarregou uma avalanche de preocupações e até mesmo suas interrogações sobre o que é ser um verdadeiro pastor. Outra pessoa me disse: “Pr. Rildo, pôr favor converse um pouco com o meu Pastor...”

Uma conclusão que cheguei.
Frente a estas e muitas outras interrogações e colocações, Deus me despertou para ficar atento com relação a minha vida e ao modelo de Pastor que está hoje liderando a casa de Deus. Também entendi que as ovelhas sentem e sabem pôr quem elas têm sido pastoreadas, as ovelhas se preocupam com seu pastor sim, e sentem profundamente quando algo não vai bem com seu pastor. (Esse estudo é fruto de algo que Deus falou em meu coração quando em uma noite numa fazenda de ovelhas no interior de São Paulo.)

O objetivo destas Linhas:

Entendo que não sou perfeito como pastor e não é definitivamente meu objetivo julgar outros neste estudo, mas apenas refletir junto com o leitor e aplicar os lampejos da 
Palavra de Deus neste assunto tão controverso que é a vida do Pastor.

Uma palavra para nós, os Pastores de hoje

1 Veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
2 Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza, e dize aos pastores: Assim diz o Senhor Deus: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as ovelhas?
3 Comeis a gordura, e vos vestis da lã; matais o cevado; mas não apascentais as ovelhas.
4 A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza.
5 Assim se espalharam, pôr não haver pastor; e tornaram-se pasto a todas as feras do campo, porquanto se espalharam.
6 As minhas ovelhas andaram desgarradas pôr todos os montes, e pôr todo alto outeiro; sim, as minhas ovelhas andaram espalhadas pôr toda a face da terra, sem haver quem as procurasse, ou as buscasse.
7 Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor:
8 Vivo eu, diz o Senhor Deus, que porquanto as minhas ovelhas foram entregues à rapina, e as minhas ovelhas vieram a servir de pasto a todas as feras do campo, pôr falta de pastor, e os meus pastores não procuraram as minhas ovelhas, pois se apascentaram a si mesmos, e não apascentaram as minhas ovelhas;
9 portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor:
10 Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu estou contra os pastores; das suas mãos requererei as minhas ovelhas, e farei que eles deixem de apascentar as ovelhas, de sorte que não se apascentarão mais a si mesmos. Livrarei as minhas ovelhas da sua boca, para que não lhes sirvam mais de pasto.(Ez 34:1-10)

DE INÍCIO:

Um Pastor quando chamado pôr Deus  o é para Pastorear e não somente para liderar. Vamos desassociar estas duas coisas, liderar e Pastorear.

LIDERAR: Quando falamos de liderança poderemos estar falando em coordenar qualquer equipe na face da terra, porém a Igreja não é qualquer coisa, a Igreja é um Redil de Ovelhas do sumo Pastor Jesus, o qual constitui pastores para Pastorear estas Ovelhas.

No conceito de liderança, principalmente nos dias de hoje, o líder poderá apenas ler bons livros sobre o assunto, escolher o tipo de liderança que mais convém à sua personalidade e com um mínimo de prática será um ótimo líder em qualquer área que venha a desempenhar seu papel. O grande problema está mesmo aí; hoje temos muitos líderes na Igreja, buscando informações em outros líderes de diversos seguimentos, sobre como se tornar melhor líder a cada dia.

Todos os dias alguém nos apresenta algo sobre o assunto dizendo ser uma “benção”. Constantemente surgem movimentos e formulas que são seguidos pôr milhares de líderes da casa de Deus em todo o mundo e cada vez mais a liderança da Igreja tem se distanciado do modelo de Deus para a direção da Sua casa. Isso tem gerado um grande problema de escassez de Pastores.

PASTOREAR:  Pastorear é seguir os modelos bíblicos. Pastorear é valorizar os exemplos bíblicos de liderança, que buscam em Deus a direção para conduzirem corretamente a Igreja do Senhor Jesus. Alguém me disse certa vez: O pastor tem órbita própria, cada pastor tem direção direta do altar de Deus. A direção para o seu rebanho, você deve buscar lá, no trono da graça de Deus, é de lá que vem a sua direção e a direção para onde você deve conduzir as ovelhas a ti confiadas pôr Jesus, e deixa eu te dizer algo: Essa direção nos é enviada dia a dia diretamente do trono de Deus.    
A Igreja não precisa de líderes, precisa de Pastores que pastoreiem segundo a ordem do sumo Pastor Jesus.”  

O modelo bíblico de Pastor

Qual então é o modelo bíblico de pastor? Como é o Pastor que Agrada o coração de Deus???

Eu gostaria de responder, apontando o que não é ser um Pastor genuíno do rebanho de Deus:
1-    Um pastor que não é pastor verdadeiro, não tem uma profunda convicção, de Deus, de Jesus , do Espírito Santo como um só Deus, Deus trino. 
2-    Não tem uma profunda convicção do homem como um ser perdido quando sem Deus, consequentemente não se empenhando para mudar isso, nunca se interessa pelo Evangelismo e Missões. Não tem uma convicção profunda sobre céu e inferno.
3-    Não tem uma profunda convicção na palavra de Deus, não crê realmente no que está escrito na palavra de Deus. Tem um fraco conhecimento bíblico. ( Mt. 13:52) (II Tim. 3:15-17)
  4-    Não tem um profundo senso de vocação para o ministério. Você conhece aqueles que vivem dizendo frente ao rebanho que se estivesse trabalhando na sua antiga profissão estariam muito melhor? Estes mesmo, não estão convictos de seu chamado. Não é Pastor aquele que não crê que a vocação ministerial é mais preciosa que qualquer riqueza .( I Cor. 15:10)
  5-    Não é um pastor genuíno, aquele que não prioriza a evangelização e o ensino da Palavra. (Mt. 28:18-20)
  6-    Não é um pastor genuíno aquele que não cuida, protege e educa as Ovelhas do Senhor Jesus. O pastor deve proteger as ovelhas da decadência moral, e promover o crescimento espiritual. ( João 21:15-17) (Eclesiastes 27:23)
  7-    Não é Pastor aquele que deseja Pastorear a partir de seus conhecimentos Humanos, e está sempre buscando em homens ao invés de buscar do Sumo Pastor Jesus. O pastor deverá Ter um forte relacionamento com Deus para que possa conseguir converter o coração das Ovelhas do Senhor em sua direção.( João 15:1-8) Um Pastor genuíno tem o cheiro do Sumo Pastor das Ovelhas e as ovelhas irão reconhecer este cheiro, o cheiro agradável do Senhor Jesus o cheiro que atrai as ovelhas, não é o cheiro do pastor mas o cheiro do Sumo Pastor Jesus. O pastor que se relaciona com Jesus tem esse cheiro do Mestre. “...E das minhas ovelhas sou conhecido” (João 10:14)
  8-    Um Homem sem domínio próprio não pode ser Pastor. O Domínio das emoções, a auto- disciplina , o domínio da carne, isto determina as qualificações do Pastor genuíno. ( Gl. 5: 16-23)
  9-   Não é Pastor genuíno, aquele que não está disposto a dar a sua vida, pelo rebanho, como a deu o Sumo Pastor Jesus Cristo. Aquele que quer somente ser alimentado pelas Ovelhas, cobrando delas obrigações, achando que deve ser cuidado pelas ovelhas, esquecendo-se de cuidar bem de perto das Ovelhas do Senhor, o Sumo Pastor cuidará de tirar dele as Ovelhas genuínas e as enviará para um pastor de verdade. Um pastor que não é fiel as suas ovelhas antes de qualquer coisa, perderá a fidelidade das ovelhas e será repreendido pelo Senhor das Ovelhas. “A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza.” (EZ. 34:4)

O pastorado do Pastor Moisés.


O Pastor Moisés passou 40 anos no deserto de Mídiã,  aprendendo a dominar suas paixões, aprendendo a ser humilde. Depois de passar 40 anos se tornando uma pessoa arrogante no Egito e assim  despreparada para conduzir o rebanho do Senhor. Deus o conduz a um deserto e o coloca no pastoreio de ovelhas, fazendo-o aprender com as ovelhas e também como pastorear as Ovelhas, pois o Senhor estava prestes a lhe dar um rebanho de Vidas humanas o qual ele pastorearia pôr mais 40 anos pôr um deserto escaldante.

Uma Questão:


A grande questão é: Porque Deus nos compara a um rebanho de Ovelhas? E porque Deus compara o líder da casa Dele como um Pastor de Ovelhas? Ora já que temos o título e a função de “Pastor” e já que Deus chama os que estão dentro da Igreja, de ovelhas; certamente que temos então muito a aprender com um pastor que pastoreia uma fazenda de ovelhas ( pastor do redil ), pois entendo que esta é a vontade do Senhor para a liderança da Sua casa.

Pastor tem que pastorear. Pastor não é para ser pastoreado pelas ovelhas como muitos pensam. Há que tirar os carrapichos, que limpar as ovelhas, que cuidar do ambiente em que as ovelhas vivem, tem que cuidar do que as Ovelhas comem, tem que cuidar das verminoses das ovelhas; para saber se a ovelha não está doente pôr dentro também, e isso não se consegue somente de púlpito e gabinete.

Pôr isso que não é ultrapassada a visão de visitar as ovelhas como muitos pastores estão pregando pôr ai, visitar as ovelhas no ambiente em que vivem, nos possibilita descobrir muitas coisas ruins que pôr ventura tenha vindo a atingir nosso rebanho.
Um trabalho junto ao redil requer muito sacrifício, muita dedicação, vigilância e as vezes disposição para muitas noites em claro junto as ovelhas, pôr ocasião de alguma perda na família ou doença que as assole.

Porque as Ovelhas nos deixam?

 O que temos notado hoje, são pastores se dizendo cansados e incapazes de pastorear de verdade suas ovelhas. Uma grande verdade é que o Senhor das ovelhas, nosso Senhor Jesus, dá a exata quantia de ovelhas que um pastor poderá dar assistência. (Quando você foi ungido pastor, o Senhor já separou um rebanho para você cuidar, ninguém é pastor só de nome, pastor tem privilégios, mas também, tem grande responsabilidade.) Se você negligenciar esta assistência, então o Senhor das ovelhas as levará para outro pastor que esteja disposto a protegê-las e cuidar sem medir esforços.

Aí está o porque, muitos pastores perdem tantos membros ficando indignados com a ovelha que o deixou e até lançam maldição sobre a vida das ovelhas, julgando que eram lobos, esquecendo que as ovelhas são do Senhor e é Ele quem as dirige e cuida delas através de um  pastor (homem) que lhe agrada o coração. Deus pedirá contas ao pastor pelas ovelhas que o deixou por negligencia, aquelas que ele nem mesmo foi atrás buscar de volta para o redil.   
          
“...Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as ovelhas?”(Ez.34:2)

O pastor Moisés é do dia para noite constituído pastor sobre 600 mil homens sem contar mulheres e crianças. Sabemos que ao todo eram milhões de pessoas, tudo isso para um só homem pastorear.


Será mesmo que Deus desejava que Moisés desse conta de tudo isso?
Obviamente que não! Deus entregou a Moisés logo em seguida, um conselho, mandando-o que constituísse 70 anciões sobre o povo e desse do mesmo Espírito que estava sobre ele para os setenta  Aqui uma colocação:(Precisa haver um espírito de pastor nos líderes de hoje e não um espírito de gerentes de empresas). Boas notas, bom comportamento no seminário, não faz de ninguém um bom Pastor de ovelhas, pois esta questão é um pouco mais profunda do que nossos olhos podem ver ou julgar.

O pastor Moisés estava sufocado em seu gabinete (Tenda) e as pessoas faziam filas frente a sua tenda. Talvez ele tenha dito em uma das tardes: Estou cansado! E  talvez  sua mulher tenha se cansado de ouvir isso. Moisés diz a Deus: Pai meu! Estou sobrecarregado com muitos afazeres com o povo. ( num. 11:11) Deus então o instrui a constituir os setenta anciões( num. 11:16) que creio, seu sogro Jetro tenha sido um dos anciões sobre o povo.  


Essa ação de Moisés desafogou sua tenda e em Números 11:26, já encontramos os novos pastores visitando as ovelhas e profetizando no arraial. Se eram Milhões e como dizem alguns teólogos 3 milhões  para um só pastor, agora o povo era dividido pôr 71 pastores que dava na visão do Senhor, perfeitamente para cada um cuidar com os devidos cuidados pastorais sobre as ovelhas que lhe foram confiadas.

Pastores Ocupados:


O interessante ou seja o agravante, é que alguns pastores estão muito ocupados, mas, não no pastoreio e sim com seus próprios deleites: São encontros, seminários, viagens, almoços, levar a esposa, buscar os filhos, receber políticos, etc. Afinal somos pastores modernos! Pastor de ovelhas é coisa do passado! Pastor tem que estar pôr dentro de tudo, tem que estar informado, envolvido! Não estou dizendo que isso está errado, não! Mas, desde que este pastor tenha as suas ovelhas bem cuidadas e alimentadas.

Também, uma outra situação que encontramos hoje nas Igrejas que temos passado, são pastores afogados em afazeres, pôr terem um rebanho um pouco acima dos demais. Então eles sentam nos gabinetes e atendem somente quem vem a eles, não atendem as ovelhas feridas e machucadas da casa, que são as que mais necessitam pôr estarem feridas. Ovelhas que não encontram forças para irem ao pastor, morrem ansiando serem visitadas e curadas pelo pastor, que não sai do seu gabinete pôr talvez se julgar importante demais. “E levantarei sobre elas pastores que as apascentem, e nunca mais temerão, nem se assombrarão, e nem uma delas faltará, diz o Senhor.” (Jer.23:4)

Constituindo líderes sobre o rebanho.

Quando um pastor já não pode dar assistência para todo o seu rebanho, então deverá constituir  oficiais sobre o povo, com um detalhe, o mesmo Espírito da vida do pastor deverá estar sobre os oficiais, e isso se faz através de treinamento, oração, e imposição de mãos sobre esses homens. Um pastor líder, jamais deverá se esquecer que para manter este mesmo Espírito, deverá haver muito relacionamento com e entre seus liderados, uma unidade verdadeira é constituída através de uma doação recíproca entre os líderes.

No reino de Deus somos todos ovelhas não existe maiores ou menores, existe sim aqueles que foram constituídos sobre o povo que são por exemplo os Pastores, mas ao contrário do que se vê hoje, esses homens constituídos sobre o povo não o foram para serem servidos pelo povo, mas para serem servos de todo o rebanho do Senhor Jesus.   

Devido uma falta de esclarecimentos, muitos hoje tem aberto portas em qualquer esquina e chamado de Igreja, mesmo sem preparo ou qualquer noção do que significa ser pastor sobre o rebanho de Jesus. E muitos tem cometido desmandos dentro da casa do Senhor , pisando as ovelhas e abusando da boa fé, como se eles fossem os senhores da Igreja, os todo-poderosos que acreditam mandar na Igreja do Senhor. 
“Comeis a gordura, e vos vestis da lã; matais o cevado; mas não apascentais as ovelhas.”(EZ.34:3)

Pedro e a ordem de Jesus

Jesus chama Pedro e lhe pergunta: “...Simão, filho de Jonas, tu me amas?” (João 21:17)
Obviamente que o que Jesus estava fazendo era um tratamento nas emoções de Pedro naquela hora, que não é o caso agora, porém Jesus deixa claro que aquele que deseja pastorear o rebanho do Senhor deverá amá-Lo antes de todas as coisas. Antes do conforto, antes do dinheiro, antes do status, antes das promoções sociais, antes da fama, antes dos desejos carnais, etc. Quando Pedro já preocupado, pois achava que Jesus não o estava entendendo, então ele ouve do Mestre, Sumo Pastor, as palavras que lhe eram uma grande e linda missão pôr toda a vida: “...Apascenta as minhas Ovelhas.” ( João 21:17)

Aquela frase ecoou nos ouvidos de Pedro, creio eu que pôr toda a sua existência, bastava chegar perto do rebanho e ele ouvia novamente a ordem do Mestre rompendo o silêncio de sua mente: “... Apascenta as minhas ovelhas.”

Negligenciar aquela ordem seria fatal para o crescimento da Igreja do Senhor, pois ovelhas que são bem pastoreadas são ovelhas limpas, saudáveis, de boa lã, e que procriam muito, muito mesmo! Pôr isso, Jesus manda pastorear as ovelhas, para que a Igreja possa crescer, com saúde, com vigor. Aqueles que não pastoreiam estão sempre de olho nas ovelhas do pastor vizinho e tem sempre uma sensação de estar calçando as meias pôr sobre os sapatos, pois sentem que algo está errado. Quando um pastor cuida bem das suas ovelhas, ele pode deitar-se e descansar com uma gostosa sensação de dever cumprido, com uma tremenda paz no espírito... As ovelhas genuínas do Senhor, sabem recompensar um bom cuidado pastoral, tenha certeza disso.

Pôr outro lado, estamos vivendo dias de grande sofrimento das ovelhas, pois foram colocadas a mercê de lobos vorazes, pôr falta de pastores que realmente estejam dispostos a dar suas vidas pelas ovelhas do Senhor. Alguns dos que estão aí, não querem pastorear, porem, querem ser líderes, ou seja, não fazem nem deixam outros fazerem.
“Mas o que é mercenário, e não pastor, de quem não são as ovelhas, vendo vir o lobo, deixa as ovelhas e foge; e o lobo as arrebata e dispersa.” (João 10:12)

Que tipo de pastores temos hoje dentro da casa do senhor? Pastores, temos que tomar consciência! Não estamos lidando com coisas ou com pessoas comuns, estamos lidando e cuidando de algo que Deus nos confiou, estamos lidando com as ovelhas do Sumo Pastor, das quais Ele tem tremendo zelo e não terá pôr inocente aquele que maltratar ou desprezar este rebanho. Digo isso com profundo temor no espírito, pois creio que o Senhor me move neste momento, a fazer-lhe este apelo. “Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor” (EZ.34:7)

 Sejamos Pastores segundo o coração de Deus! 

O Pastor também é ovelha e não deve esquecer-se disto! Somos uma ovelha do Senhor que pela graça e misericórdia fomos chamados para apascentar o rebanho debaixo da Suprema liderança de Jesus. Um pastor que tem consciência que é ovelha antes de ser pastor, consegue ser um pastor acima da média,  um pastor segundo o coração de Deus.
“tendo, porém, alimento e vestuário, estaremos com isso contentes.” (I TIM. 6:8)
“Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a constância, a mansidão.”(I TIM. 6:11)
“Procura apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.” (II TIM. 2:15)
prega a palavra, insta a tempo e fora de tempo, admoesta, repreende, exorta, com toda longanimidade e ensino. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres segundo os seus próprios desejos, e não só desviarão os ouvidos da verdade, mas se voltarão às fábulas. Tu, porém, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, fase a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério.Quanto a mim, já estou sendo derramado como libação, e o tempo da minha partida está próximo. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé”.(II TIM. 4:2-7)

Deus sabe que digno é o obreiro do seu salário (I TIM. 5:18), e Ele não vai deixar o Pastor passar fome ou necessidades. Se você dá a vida pelas ovelhas do Senhor, tenha certeza que Deus é fiel e não vai desampará-lo jamais. Eu sou prova viva disto, vivo esta palavra que tenho escrito (Porem este é um assunto para um outro artigo.) Pastorear é um privilégio! É algo lindo! Porem é algo para quem já despojou-se do “EU”, e está disposto a se tornar o menor dentre todos.

Em Uma Visão De Fé!
Rildo G. Lopes - Pastor
O Pr. Rildo G. Lopes é Pastor da Cristo Vive Evangelho Pleno em Campinas/SP - Brasilwww.cristovivecampinas.com  e Faz conferencias para lideranças em diversas partes do Brasil e América do Sul - Atualmente é Presidente da Missão Terra Internacional. www.missaoterra.com          

Quatro Razões Para Fazer Missões




Estimados colegas pastores, missionários e colaboradores, existe uma Palavra de Deus que tem queimado no meu coração! Tenho usado esta Palavra como uma exortação de Deus para mim, e como uma Palavra de ânimo para que eu não desista de com a graça de Deus e Sua ajuda, realizar com a minha família a obra de Evangelismo e Missões. Quero anunciar aqui, 

QUATRO RAZÕES, PELA QUAL POSSO E   DEVO REALIZAR A OBRA DE EVANGELISMO E MISSÕES: 

PRIMEIRA RAZÃO : Apocalipse 3:11"Porque Jesus está voltando!" Sim! Jesus está voltando! 

Não tenho mais escutado esta Palavra nos púlpitos das Igrejas! O diabo, quer que acreditemos que Jesus 
não voltará. Para quê? Para que a Igreja do Senhor na terra, não viva o hoje como se Cristo voltasse       amanhã. 

SEGUNDA RAZÃO: I João 2:13,14 "Porque já vencemos o maligno!" É isto mesmo! Não vamos vencer o 
maligno, o diabo, satanás e seus anjos caídos. Já vencemos! Cristo derrotou o diabo e nos deu esta vitória! 

Aleluia! Projetos Evangelísticos e Missionários o diabo não poderá impedi-los. Poderemos ganhar muitas almas até mesmo em países fechado para o Evangelho. Não vamos temer inclusive perseguições por causa da realização da tarefa evangelística e missionária. Mesmo que venhamos a morrer pelo nome de Jesus, mesmo assim a vitória não é do diabo! A vitoria é da Igreja: dos sangues dos mártires nasce novas criaturas! 

TERCEIRA RAZÃO: Filipenses 4:13"Porque Ele (Deus), supre todas as nossas necessidades!" Não é por falta de dinheiro que não poderemos realizar a obra de Evangelismo e Missões! Deus suprirá as necessidades ministeriais e pessoais para esta tão sublime obra que é prioritária na vida da Igreja: GANHAR ALMAS! 


Bíblias, Novos Testamentos, Folhetos, DVD's, CD's, Cruzadas Evangelísticas e outras ferramentas e projetos na Obra de Evangelismo e Missões são e serão supridos através das Ofertas Missionárias. Você e eu, somos responsáveis por isto! É, uma benção para a alma (e, por que não dizer para a nossas vidas na área financeira!), quando generosamente e com alegria, abrimos nossas mãos para a obra de Evangelismo e Missões! 


QUARTA E ÚLTIMA RAZÃO: Atos 2:16-21 "Antes Que Jesus Volte Haverá Um Avivamento!" Eu creio nisto mais do que qualquer outra coisa! Haverá um avivamento nestes dias finais da Igreja do Senhor Jesus na Terra como nunca houve! Há apostasia, frieza, heresias, pecados nas igrejas! Mas, não vamos desanimar povo remanescente de Deus: HAVERÁ UM AVIVAMENTO QUE ONDE HOUVER ARREPENDIMENTO, MUITOS VOLTARÃO AO PRIMEIRO AMOR! 

CONCLUSÃO: Creia que Jesus está voltando e fique esperando com muito amor a Sua volta. E, anuncie ao 
mundo que Ele vem buscar quem é salvo. Se Ele falar que ainda não entregou sua vida pra Jesus aproveite 
a oportunidade e pregue o evangelho! Não se preocupe com o diabo. Vigie para não cair em tentação. Mas viva crendo que ele não tem poder sobre ti. Faça a sua parte: Anuncie as boas-novas e Deus impedira o diabo de tocar-te. Busquei o reino de Deus e Sua justiça em primeiro lugar, ou seja, faça a obra de Evangelismo e Missões e, Ele cuidara de sua necessidades financeiras e materiais, pois Ele é Deus que supre tudo! 

Espere um avivamento na sua Igreja, nação e em todos os povos! Deus que avivar a Sua obra em ti e no mundo!!!

 Em uma Visão de Fé!  Pr. Rogério de Paula. (Diretor executivo)

JANELA BRASILEIRA

Janela Brasileira - Prioridade Nacional de 
Evangelização.


Envolva-se!
Estados que fazem parte da Janela Brasileira de forma total ou parcial com sua população e a respectiva porcentagem de Evangélicos. Dados de 2010:
Pará: 7.588.078 habitantes=20,04% Maranhão: 6.569.683 habitantes=11,91% Tocantins: 1.383.453  habitantes=16,09%  Piauí: 3.119.015 habitantes=7,39% Bahia: 14.021.432 habitantes=13,48%  Minas Gerais: 19.595.309 habitantes=16,82% Sergipe: 2.068.031 habitantes=7,41%  Alagoas: 3.120.922 habitantes=11,73% Pernambuco: 8.796.032 habitantes=15,94%  Paraíba: 3.766.834 habitantes=10,06% Rio Gde. do Norte: 3.168.133 habitantes=10,53% Ceará: 8.448.055 habitantes=9,01% Goiás: 6.004.045 habitantes=20,61%  Distrito Federal: 2.562.963 habitantes=19,98%.

Total: 13 Estados e o Distrito Federal.
Esta região que chamamos de "Janela Brasileira", é uma extensão dentro do Brasil, que engloba estados do Norte (Tocantins e parte do Pará), Centro Oeste(Goiás e Distrito Federal), Sudeste(Norte de Minas Gerais) e Nordeste do País.
Região composta de aproximadamente 1.800.000 km² e algo próximo de 70.000.000 de habitantes.

VITÓRIA! Nossos Missionários estão comemorando o fato que no último censo os Evangélicos nos estados do Alagoas e Piauí eram inferiores a 5%. Agora depois de anos de esforços Missionários, encontramos Piauí com 7,39% e Alagoas com 11,73%. É UMA GRANDE VITÓRIA, MAS TEMOS QUE CONTINUAR TRABALHANDO DURO.

Embora existam nesta região, cidades prósperas, a população sofre devido à falta de distribuição de renda. No geral a terra é árida e seca e a falta de saneamento básico agrava muito a situação de saúde da população, desprovida de cuidados médicos, apresentando alto índice de mortalidade infantil.

O Distrito Federal é o centro do poder de nossa nação e merece uma atenção especial em orações.
Estamos trabalhando na Janela através de nossos Missionários fixos e itinerantes, também estamos saturando com literaturas como: Cursos Bíblicos, Folhetos evangelísticos e apologéticos. Precisamos de sua ajuda através de oração, contribuição financeira e disposição para ir.


Janela 10/40 - Prioridade Mundial de Evangelização.

Janela 10/40 - Prioridade Mundial de Evangelização.
 



Calcula-se que até hoje menos da metade da população mundial com suas etnias e idiomas tenha sido confrontada com o evangelho. A outra parte, com sua maioria absoluta na Janela 10/40°
O termo “Janela 10/40” originou-se com Luis Bush diretor International AD2000 & Beyond Movement durante a 2ª Conferência de Lausanne, em Manila, em Julho de 1989. Desde então, tem sido usado por Missiólogos e autoridades eclesiásticas no mundo. Representa uma grande multidão de cerca de 2,7 bilhões de pessoas que ainda são objeto dos empreendimentos missionários do povo de Deus.  A área de maior perseguição atualmente fica na Janela 10/40,  a faixa compreendida entre os paralelos 10" e 40", onde vivem 97% das pessoas menos evangelizadas do mundo. Essa área retangular se estende do oeste da África até a Ásia, entre os paralelos 10 e 40 ao norte do Equador. Há 1,6 bilhões de muçulmanos, hindus e budistas vivendo nessa "janela" e em alguns países a Igreja foi quase que eliminada como resultado da opressão islâmica. A população cristã lá é menor que 2%, uma pequena, porém, preciosa minoria. Outra área crítica na Janela 10/40 é a China. Pastores e evangelistas são detidos todos os dias. Igrejas nos lares são fechadas e seus líderes ameaçados. Muitos são presos por portarem simplesmente a Bíblia. E, apesar do declínio do comunismo na Europa, a China ainda mantém uma posição ateísta inflexível, piorando a situação da Igreja lá. Os países com as maiores populações não cristãs são: ChinaÍndia , Indonésia , Japão , Bangladesh , Paquistão ,Turquia e Irã, todos na Janela 10/40°.
Países da Janela:
01 - KUWAIT
Localização: Golfo Pérsico 5% de Cristãos evangélicos Predominantes: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas
Evangelismo Restrito 

02 - IRÃ
Localização: Golfo Pérsico 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Xiitas e alguns Sunitas 
Evangelismo Proibido 

03 - EGITO
Localização: Oriente Médio 0,8% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Restrito 

04 - ISRAEL
Localização: Oriente Médio0,35% de Cristãos evangélicos Predominante: Judeus e alguns Muçulmanos
Evangelismo Restrito 

05 - BRUNEI
Localização: Sudoeste da Ásia 0,6% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Budistas
Evangelismo Restrito 

06 - LÍBIA
Localização: Norte da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

07 - SOMÁLIA
Localização: Leste da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas 
Evangelismo Proibido 

08 - BANGLADESH
Localização: Ásia Central 2% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Hindus
Evangelismo Restrito 

09 - BURKINA-FASO
Localização: Oeste da África 3% de Cristãos evangélicos Predominante: Animistas e alguns Muçulmanos
Evangelismo Restrito 

10 - UZBEQUISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,001% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito 

11 - TADJIQUISTÃO
Localização: Leste Asiático 0,001% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito 

12 - LÍBANO
Localização: Oriente Médio 4,3% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Xiitas e alguns Sunitas
Evangelismo Permitido 

13 - MALÁSIA
Localização: Sul da Ásia 2% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos, alguns Budistas e Hindus
Evangelismo Restrito 

14 - PAQUISTÃO
Localização: Oeste da Ásia 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas
Evangelismo Restrito 

15 - ÍNDIA
Localização: Ásia Central 1% de Cristãos evangélicos Predominante: Hindus e alguns Muçulmanos 
Evangelismo Restrito 

16 - BUTÃO
Localização: Ásia Central 0,3% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas e alguns Muçulmanos
Evangelismo Restrito 

17 - MALI
Localização: Oeste da África 0,9% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e algumas Crenças Tradicionais Evangelismo Permitido 

18 - NEPAL
Localização: Ásia Central 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Hindus e alguns Budistas
Evangelismo Restrito 

19 - CHINA
Localização: Leste da Ásia 4% de Cristãos evangélicos Predominante: Não religiosos(Ateus) e Folclóricos Chineses Evangelismo Restrito 

20 - QATAR
Localização: Golfo Pérsico 0,007% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

21 - OMÃ
Localização: Golfo Pérsico 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos 
Evangelismo Proibido 

22 - NIGÉRIA
Localização: Oeste da África 17% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Animistas
Evangelismo Restrito 

23 - MAURITÂNIA
Localização: África do Norte 0,0% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

24 - ARÁBIA SAUDITA
Localização: Golfo Pérsico 0,007% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

25 - AZERBAIJÃO
Localização: Leste da Ásia 0,003% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Restrito 

26 - EMIRADOS ÁRABES UNIDOS
Localização: Golfo Pérsico 0,7% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas
Evangelismo Proibido 

27 - DJIBUTI
Localização: Leste da África 0,03% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

28 - TURQUEMENISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,001% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito

29 - KAZAQUISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,004% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito 

30 - MALDIVAS
Localização: Centro Sul Asiático 0,0% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

31 - SUDÃO
Localização: Leste da Ásia 3% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Animistas
Evangelismo Restrito

32 - GUINÉ
Localização: Oeste da África 0,75% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Animistas
Evangelismo Restrito 

33 - BENIN
Localização: Oeste da África 2% de Cristãos evangélicos Predominante: Crenças Tradicionais e alguns Muçulmanos Evangelismo Permitido 

34 - ALBÂNIA
Localização: Sul da Europa 5% de Cristãos evangélicos Predominante: Ortodoxos e alguns Muçulmanos
Evangelismo Restrito 

35 - IEMEM
Localização: Oriente Médio 0,01% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

36 - ETIÓPIA
Localização: Leste da África 10% de Cristãos evangélicos Predominante: Ortodoxos, Sunitas e Crenças Tradicionais Evangelismo Permitido 

37 - TUNÍSIA
Localização: Norte da África 0,001% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

38 - JORDÂNIA
Localização: Oriente Médio 0,4% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Restrito 

39 - AFEGANISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,2% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas
Evangelismo Restrito 

40 - TAILÂNDIA
Localização: Sudoeste da Ásia 0,3% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas
Evangelismo Restrito 

41 - INDONÉSIA
Localização: Norte da Ásia 0,01% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Hindus
Evangelismo Restrito 

42 - MARROCOS
Localização: Norte da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

43 - VIETNÃ
Localização: Sudoeste da Ásia 0,6% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas e Crenças Tradicionais
Evangelismo Restrito 

44 - MYANMAR
Localização: Sudoeste da Ásia 4% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas e alguns Muçulmanos
Evangelismo Permitido 

45 - CAMBOJA
Localização: Sul da Ásia 0,05% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas
Evangelismo Restrito 

46 - SENEGAL
Localização: Oeste da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Restrito 

47 - JAPÃO
Localização: Leste da Ásia 0,3% de Cristãos evangélicos Predominante: Shinto / Budistas
Evangelismo Permitido 

48 - NIGÉR
Localização: Oeste da África 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Animistas Evangelismo Restrito 

49 - LAOS
Localização: Sudoeste da Ásia 1,9% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas
Evangelismo Restrito 

50 - IRAQUE
Localização: Golfo Pérsico 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Xiitas e alguns Sunitas
Evangelismo Restrito 

51 - TAIWAN
Localização: Leste da Ásia 3% de Cristãos evangélicos Predominante: Folclórica Chinesa e alguns Sunitas
Evangelismo Permitido 

52 - TIBET
Localização: Oeste da China 0,02% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas
Evangelismo Restrito 

53 - TURQUIA
Localização: Oeste da Ásia 0,03% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Restrito 

54 - SÍRIA
Localização: Oriente Médio 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas e alguns Xiitas
Evangelismo Proibido 

55 - GUINÉ-BISSAU
Localização: Oeste da África 1,2% de Cristãos evangélicos Predominante: Animistas e alguns Muçulmanos
Evangelismo Restrito 

56 - QUIRQUISTÃO
Localização: Leste da Ásia 0,003% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Ortodoxos Russos Evangelismo Restrito 

57 - SAARA OCIDENTAL
Localização: Norte da África 0,0% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos
Evangelismo Proibido 

58 - SRI LANKA
Localização: Ásia Central 0,9% de Cristãos evangélicos Predominante: Budistas, alguns Hindus e Muçulmanos 
Evangelismo Restrito 

59 - BANRAI
Localização: Golfo Pérsico 1,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos e alguns Hindus
Evangelismo Proibido 

60 - ARGÉLIA
Localização: Norte da África 0,01% de Cristãos evangélicos Predominante: Muçulmanos Sunitas
Evangelismo Proibido 

61 - CORÉIA DO NORTE
Localização: Leste da Ásia 0,5% de Cristãos evangélicos Predominante: Não religiosos(Ateus) e Crenças Tradicionais Evangelismo Proibido 

62 - MONGÓLIA
Localização: Centro-Norte da Ásia 0,1% de Cristãos evangélicos Predominante: Não religiosos(Ateus) e Crenças Tradicionais Evangelismo Restrito

(Extraído do Jornal Paixão pelas Almas - SEMIPA)

Sua Oração e Contribuição Valem Almas!